sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Engenharia de Petróleo e Gás

É o conjunto de técnicas usadas para a descoberta de jazidas e para a exploração, produção e comercialização de petróleo e gás natural. O engenheiro de petróleo e gás atua em petroleiros, refinarias, plataformas marítimas e em petroquímicas. Com seus conhecimentos em engenharia, geofísica, mineração e geologia, ele trabalha na descoberta de jazidas de petróleo e de gás natural. É de sua responsabilidade desenvolver projetos que visem à exploração e à produção desses bens sem prejuízos ao meio ambiente nem desperdício de material. Além disso, cuida do transporte do petróleo e seus derivados, desde o local da exploração até a chegada na refinaria.

Também pode atuar em consultorias ambientais e no setor de exportação e importação, fazendo pesquisas de preços de matérias-primas ou captando compradores. É preciso conhecer a legislação internacional que regula as atividades ligadas ao petróleo e seus derivados e, como a maior parte das empresas do setor é estrangeira, é necessário ter fluência em inglês.

O mercado de trabalho

O setor petrolífero recebeu com otimismo o anúncio feito pelo governo federal em 2008 da existência de uma camada de pré-sal, de mais de800 quilômetros de extensão entre o Espírito Santo e Santa Catarina, para exploração do petróleo a 7 mil metros de profundidade. Embora ainda não se tenha data para o início da exploração, a descoberta certamente vai criar muitas oportunidades para o engenheiro de petróleo. Nos últimos anos, tem-se mantido alta a procura por esse profissional em toda a cadeia produtiva do petróleo e gás (exploração, extração, técnicas de perfuração, transporte). A gigante Exxon, multinacional com concessão para a exploração do petróleo em território nacional, é um dos principais empregadores, juntamente com a Petrobras. A estatal brasileira realizou, em 2008, dois concursos para contratação do profissional. Como as principais reservas petrolíferas situam-se nas bacias de Campos (RJ) e de Santos (SP), as melhores oportunidades concentram-se nesses dois estados. Empresas prestadoras de serviços ou que fabricam equipamentos para o setor, como a Halliburton, Odebrecht, Cameron e a Schlumberger, também contratam esse especialista.

O curso

O setor petrolífero recebeu com otimismo o anúncio feito pelo governo federal em 2008 da existência de uma camada de pré-sal, de mais de 800 quilômetros de extensão entre o Espírito Santo e Santa Catarina, para exploração do petróleo a 7 mil metros de profundidade. Embora ainda não se tenha data para o início da exploração, a descoberta certamente vai criar muitas oportunidades para o engenheiro de petróleo. Nos últimos anos, tem-se mantido alta a procura por esse profissional em toda a cadeia produtiva do petróleo e gás (exploração, extração, técnicas de perfuração, transporte). A gigante Exxon, multinacional com concessão para a exploração do petróleo em território nacional, é um dos principais empregadores, juntamente com a Petrobras. A estatal brasileira realizou, em 2008, dois concursos para contratação do profissional. Como as principais reservas petrolíferas situam-se nas bacias de Campos (RJ) e de Santos (SP), as melhores oportunidades concentram-se nesses dois estados. Empresas prestadoras de serviços ou que fabricam equipamentos para o setor, como a Halliburton, Odebrecht, Cameron e a Schlumberger, também contratam esse especialista.


O que você pode fazer
 
  • Comercialização Atuar na venda do petróleo aos compradores nacionais e internacionais e fazer pesquisa de preços de matérias-primas.  
  • Consultoria Prestar serviços para empresas do setor para avaliar os riscos ambientais na exploração, produção e distribuição do produto.  
  • Desenvolvimento de equipamentos Projetar e acompanhar a produção de novos equipamentos utilizados nas plataformas marítimas, nas petroquímicas e em refinarias. Pode atuar também na venda desses equipamentos.  
  • Exploração do petróleo e derivados Decidir como será feita a perfuração dos locais para que o material seja retirado sem prejuízos ambientais nem financeiros.  
  • Procura de reservatórios Traçar planos para a descoberta de jazidas de petróleo ou de gás natural, levando em consideração cálculos e características físicas de determinados espaços. Analisar a capacidade de produção dos novos reservatórios.  Transporte e distribuição Desenvolver e implantar projetos para o transporte de petróleo e derivados e gás natural desde os locais de exploração até a chegada nas refinarias e petroquímicas. Cuidar da distribuição do produto final até os postos e as indústrias.

7 comentários:

  1. o texto é muito bom, estou cursando engenharia de petroleo, ainda estou no 1° periodo, mas tenho muitas perguntas ainda pra fazer, pode me ajudar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gabriela, a faculdade de engenharia é muito complicada ?

      Excluir
  2. eu pretendo fazer engenharia de petroleo e gás ,porem moro em manaus amazonas e eu queria saber se essa região é um bom local para se trabalhar?
    por favor me ajude!
    by:cristiany

    ResponderExcluir
  3. cristiany, a petrobrás não tem muitas jazidas de petróleo no amazonas, mas vem descobrindo jazidas de alta qualidade, como a encontrada recentemente (nov 2010) no município de Tefé (AM), a 630 quilômetros da cidade de Manaus.

    ...é meio longe da capital, né ?

    Não se limite ao mercado local, procure fazer o que gosta e ganhe o mundo!

    ResponderExcluir
  4. gostaria de saber aonde posso encontrar o curso de engenharia de petroleo e gas em manaus,só encontrei o tecnologo

    ResponderExcluir
  5. Você poderia me dizer o que você acha do curso de engenharia de energia da ufpe,se ele é promissor e etc?

    ResponderExcluir
  6. estou no 4º periodo de Eng.Petroelo e Gas... queria saber se alem do curso de ingles eu preciso ter mas algum curso pra melhorar meu curriculo...

    ResponderExcluir